Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • Acreditar!

    Ainda hoje me surpreendo com o que somos capazes de alcançar com esforço, dedicação e muito brio. 

    Acho impensável fazer as coisas pela metade, quer nas relações pessoais e principalmente na vertente profissional. 

    Entristece-me ver as pessoas acomodadas a um local de trabalho só porque não querem dar aquele passo, o que mais custa... aquele que requere toda a nossa força e coragem!

    Quebrar a inércia e avançar!

    Mas a verdade é que, para termos o que queremos, temos que estar dispostos a eliminar o que não faz sentido na nossa vida. 

     

    Ver pessoas pouco felizes com o que fazem, amarguradas, literalmente a borrifarem-se para as suas tarefas é a pior imagem profissional que me poderão passar... 

    Ver pessoas que passam pela vida delas sem capacidade de agir para terem o que querem entristece-me...

    Que existência será aquela?

     

    Por isso acreditem sempre, como o unicórnio, que tudo é possível, desde que se trabalhe para isso...

    Não esperem que as coisas vos sejam oferecidas de bandeja, o melhor, o que dá mais prazer quando chega não é entregue assim. É à base de esforço, suor, muitas dores de cabeça... 

    Mas quando vem sabe pela vida e por tudo o que se passou.

     

    E é por isso que sempre que vejo pessoas com essa motivação procuro ajudar. 

    E se puder inspirar uma pessoa a dar esse passo já ganhei o meu dia. 

    Inspirem-se pessoas, façam coisas que vos encham o coração de felicidade, tirem aquele projecto guardado na gaveta para ver a luz do dia, façam o que vos faz sorrir... e certamente nessa altura ninguém vos poderá roubar a felicidade!

    Eu espero manter esta ideia bem viva dentro de mim até ser velhinha e acreditar que serei sempre capaz, porque um sonho é um desejo que o coração faz!

     

     

     

     

     

    Ellie & Carl #22

    Desde pequena que ganhei o hábito do beijo de boa noite. 

    Sempre tive a minha mãe para dar beijinho, quando ficava em casa do pim ou era ele, ou se ele não estava era a mãe dele :) ainda bem que tenho a sorte de ele ter os pais que tem e eu ter ganho uns segundos pais! 

     

    Isso mantém se nos dias que correm, aliás foi uma das coisas que lhe pedi,  era muito importante mesmo em dias em que que as coisas não estivessem tão bem ter esse aconchego. 

     

    Hoje... 

    Ela vai para a cama e como todas as noites: Pimmmm anda dar beijinho! 

    Ele : mas quando é que isto  vai terminar??

    Ela : ou quando for velhinha e já cá não estiver ou se terminares comigo... Escolhe... Até lá mantém se em vigor... Anda dar beijinho por favor.

     

    Para vocês uma noite descansada! 

    A minha já depois do beijinho será certamente! 

    da0eb16c26ddf3c6815043d3fd98395e.jpg

     

    Mãos à Obra #39

    Têm sido dias atarefados, fáceis de perder o rumo à meada...

     

    Para me manter focada posso sempre contar com o Carl mas... 

    Ajuda também pensar em coisas bonitas e que tragam esperança....

    E já há lojas com decorações de Natal por isso parece-me apropriado começar a pensar em detalhes para este evento.

    Vai ser o primeiro na nossa casa e, embora o Natal tenha efeitos diferentes em mim e no Carl, este é especial para os dois. 

     

    Decidi por isso começar a adiantar trabalho, a decoração da árvore vai ser o caos porque eu gostava de uma forma e ele de outra... 

    Mas esta solução parece-me interessante :)

     

    Ornamentos personalizados com fotos. Eu adoro fotografia vocês já sabem que tenho uma parede cheia delas...

    Porque não aproveitar e fazer também para a arvore?

    É uma ideia simples e prática e até para oferecer é gira.

    Basta imprimir, recortar em forma de circulo as nossas fotos preferidas, usar ornamentos em madeira para colar, e alicar fita com cola-quente para o apoio. 

    Há versões para todos os gostos, mais simples ou complexas, mais decoradas ou menos. Mas é uma boa forma de ter todos os que amamos presente na nossa árvore de Natal. 

     

    O que vos parece?

     

     

     

    O Inferno é no Metro de LX!

    São 8 da manhã metro para não variar apinhado de gente...

    Entra um casalinho, não estamos a falar de adolescentes, adultos, crescidos... 

    Vai que nada decidem que ali é o melhor lugar  para a marmelada.

     

    Há diferenças entre um beijo e marmelada, nomeadamente a presença atarefada das línguas...

     

    Um beijo é natural, normal... Agora marmelada com pessoas encostadas a eles porque o metro assim obriga e que para participarem naquela festa quase só têm que esticar a língua...

    É estranho...

    Muito estranho... 

    Incomoda, não pelo beijo em si, ou pelas línguas quase a escaparem cá para fora,  pela cara das outras pessoas que participam como espectadores e obrigadas, incomoda porque penso...

    Quem é que consegue as 8h estar na marmelada, com humor matinal para isso... E ainda por cima no meio do metro, com tanta gente...

     

    Foi quase suficiente para a minha cabeça fazer tilt logo de manhã... 

    Nop... 

    Descobri hoje que sou meio reservada porque para mim marmelada só em casa... 

     

    E vocês? Acham interessante ver uma aula de anatomia oral logo pela manhã? 

    e3f5898cc51f4d3ca9efa056219adaf9.jpg

     

     

    OBRIGADA é pouco...

    Foram dias fantásticos...

    Despachei as caixas todas que faltavam, acabei de ver todas as season dos The 100! E descobri que sou mesmo nerd, agora ando com saudades das personagens e tenho que esperar até Fevereiro para tornar a vê-las...

    Preparei a casinha e até avancei com a parede de fotinhas...

     

    E sábado, sábado não podia ter corrido melhor, foi trabalhoso, mas foi exactamente o que queria, muito amor, as pessoas mais importantes na minha e na nossa vida, e sentia-se ali o calorzinho no coração.

    Poder ter ali toda a gente reunida em alegre cavaqueira, receber os miminhos e desejos de felicidades de todos, celebrar os meus 30 mas não só, a primeira grande festa na nossa casinha... Foi uma meta inesquecível e para sempre terei as memórias no meu coração.

     

    Obrigada desde já a todos os que lá estiveram. 

    E a todos os que enviaram os Parabéns por sms, chamada, facebook e afins. 

     

    Chegar aos 30 e receber tanto amor, saber que temos uma rede de apoio e de pessoas com quem podemos contar é o melhor presente sem dúvida. 

    Um Obrigada é pouco... 

     

     

     

     

    Ai está quase...

    Eu sempre gostei dos meus anos...

    De celebrar, de estar com os amigos, de estar feliz...

    Mas normalmente só penso nisso no dia em si... Este ano não...

    Amanhã às 10:10 faço 30 anos.

    E está a meter me uma confusão! Bem nem vos digo nada!

     

    Já me tinham dito que há sempre uma idade que mexe mais connosco descobri a minha!

    Mas enfim vai ser um dia cheio de amor, com as pessoas mais importantes para nós, uma tripla celebração em grande!

    É nisso que me quero focar! 

     

    Digam me lá qual foi a idade que vos fez mais confusão e porquê?

     

    735474339b677d47241afb93306df561.jpg

     

    Ellie & Carl a melhor combinação de todas

    Hoje faz 31 anos que o céu, as estrelas e a lua se alinharam e nascias tu.

    Assim perfeito como só tu podes ser, perfeito à tua maneira.

    A pessoa mais bondosa que conheço, o melhor amigo que alguém pode desejar.

    A pessoa com menos maldade no coração mesmo neste mundo às vezes cinzento.

    Todos os dias agradeço este dia, o dia em que tu chegaste e acredito os nossos destinos foram também unidos.

    És a minha alma gémea, quem me ajuda e  inspira a ser melhor.

    Cuidas de mim e de todos da maneira mais genuína... Com todo o amor que podes dar.

     

    Tudo em ti faz de ti quem és, e por isso tudo em ti tem que existir... O bom, o excelente, o menos bom, o nervoso...

    Se parte disso não existisse tu não eras o meu pim.... O meu Carl.

     

    És a minha pessoa, a minha pessoa preferida do mundo.

    Parabéns meu amor, que possa durante muitos mais anos acompanhar te nestes dias especiais.

    Para sempre e mais um dia.

     

    27456ef18513f84b65a236fc660672ce.jpg

     

    Amanhã é um novo dia... E que dia.

    Dias como este são dias em que é importante por tudo em relatividade!

    São dia em que tudo bate ao lado em que a lua conspirou de madrugada para que este fosse um dia com a sua energia negra...

    Cabe-me a mim superar e pensar que amanhã será melhor e vai ser certamente porque faz 31 anos que a minha alma gémea nasceu...

    Obrigada à lua e a todas as estrelas que conspiraram  para fazer a maravilha de homem que tenho ao meu lado... Mas isso fica para amanhã!

     

    b52696a98e6b13e35f55e1d152a5ef47.jpg

     

    E que comecem as festividades

    Esta semana começa uma série longa de aniversários...

    Posso dizer série, porque não é 1, não são 2, não são 3, são 7!


    Tudo gente chegada ao coração... Tudo das minhas pessoas preferidas neste mundo...

    Começamos pelo Carl já esta quinta-feira !

    Depois a vossa amiga vai chegar à barreira dos 30!

    E decidimos que juntar duas festas não é suficiente e por isso ah e tal inauguramos a casa também muahahah.

     

    Este vai ser um mês de festividades e entretanto já começo a pensar no Natal...

    Mas este é o trimestre que mais gosto do ano, aniversários, datas de namoro... Natal.

    Uhmmm até brilham os meus olhos. 

    Até porque este é um Natal especial, o primeiro na nossa casinha...

    Já temos o milagre agora é só desfrutar!

     

     

    O Inferno é no Metro de LX! 2

    Tenho a sensação que esta rubrica nunca vai ter fim...

    A não ser que por obra do destino passe a vir de carro para o trabalho, e como isso não está previsto... Devo arranjar material novo todas as semanas, infelizmente e para mal dos meus pecados.

     

    Segunda-feira de manhã é duro, é pior ainda quando começámos a ficar gripadas no fim-de-semana. Como se não pudesse haver cenário pior, juntem isso a uma queda no duche que vos coloca com tanta vontade de sair da cama segunda-feira como de caminhar para uma fogueira em chamas!

     

    Como se mesmo assim as coisas não pudessem ser piores, ainda levo com a gentinha do metro... Gentinha, melhor dizendo demónios... Não fosse o metro o inferno de Dante como já demonstrei com provas cientificas e comprovadas aqui...

     

    Heis que chega o metro, até com lugares disponíveis eu entro de um lado da porta e vejo a mulherzinha que costuma estar cheia de fogo no c* melhor dizendo rabo do outro lado, e penso... Estou segura! ela já viu que há lugares vai acalmar...

    Qual quê?? Acham mesmo, não..... Não vai de modos e quando entro na carregem leva-me na frente projectando-me contra a parte de trás dos lugares, imaginem esta pata meio manca com falta de equilíbrio a chocar contra aquilo...

    Fico parada para ela passar, também não tive escolha certo?

    E ela ainda refila comigo, a dizer que EUUUUU a empurrei!

     

    Como?? Peço desculpa?? Então eu vou contra os banco e eu é que a empurrei? Claro...

    Levou logo com uma "Não o seu problema é ser mesmo mal educada e nem pedir desculpa quando empurra as pessoas". Saquei dos fones e ignorei-a o resto da viagem!

     

    Mas minha gente, há um detalhe, se vão fazer isto  a alguém no metro, porque estão infelizes com a vida, porque é segunda-feira... seja porque motivo for, não façam a alguém que anda de metro TODOS os dias com vocês, no mesmo horário e que entra e sai na mesma estação...

     

    Porque eu não a vou empurra quando tiver oportunidade, não lhe vou passar uma rasteira...

    Mas o karma existe...

    E quando ela se estatelar... Eu vou estar lá... e vou pensar que bem que fiz em não me chatear com isto hoje, em não desperdiçar energia nisto, em não deixar que isso afectasse o meu dia, e claro...

     

    Vou rir-me até ao dia seguinte!

    Eu acredito no karma... E vocês?