Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • Andorinhas e Nós Parte II

    Eu pensava que esta saga estava terminada, mas...

    O destino é uma coisa caprichosa e resolveu mostrar-me a minha insignificância. 

     

    Domingo tinha o dia todo planeado, festa de anos à tarde, e estava decidida a que fosse uma manhã para relaxar e descansar.

    Aquelas aves do demónio trocaram-me as voltas!

     

    Estava confortavelmente no nosso sofá quando o Carl, quando estava a verificar se a roupa estava seca... heis que me diz a mitica frase...

    Caiu mais uma andorinha do ninho. 

     

    Ja a tecer cenários dantescos na minha mente, a primeira experiencia foi de facto traumatizante, perguntei se estaria viva... Ao que ele respondeu talvez...

     

    Lá fui eu... buscar a bola de penas ao fundo do parapeito...

    E heis que a moça me presenteou com um belo olhar do género, estou atordoada...

     

    Trouxe-a para dentro encostei-a a mim, e disse ao Carl para ligar para a PSP que poderiam saber o que fazer com ela.

    Minha gente, é uma espécie protegida, eu não vou poder simplesmentes destruir os ninhos no final da época, tenho que fazer um requerimento ao ministério do ambiente... Mas ninguém nas forças policiais sabia o que fazer com a moça...

    Liguei para a PSP, que ligou para a veterinária municipal, que falou com a protecção civil, que disse que poderia fazer a recolha mas segunda-feira...

     

    Oi? Como Assim? Antes disse o sr. agente muito simpático, perguntou-me se não queria ficar com ela...Obviamente se o telefone tivesse o vídeo ligado ele teria visto o meu ar de "vá se lixar"... 

    Mesmo assim o que esperavam que fizesse à moça?

    A alimentasse boca a boca? Que fosse apanhar insectos para a manter viva durante um dia?

    Não ia acontecer.... 

    Lá me sugeriam ligar para a GNR para o SPENA ( Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente ) unidade de Monsanto. (liguem sempre para eles, acho que são claramente os mais informados e disponíveis).

     

    Um sr muito simpático disse-me que estaria lá todo o dia disponível para receber a moça, mas que recolha só segunda-feira, olhei para ela que, depois do choque inicial da queda, decidiu mostrar que não só estava bem mas vivinha da silva...

    E que tentava trepar para fora da caixa da Nespresa de uma chávena que lhe arranjamos como ninho temporário sempre que ouvia barulho...

     

    Lá fomos desgraçados entregá-la... Não sei se foi do vento mas naquele dia já tinham sido entregues uma gaivota, mais andorinhas, mais uma corujinha fofa que só ela. Ainda há esperanças nas pessoas como nós... incapazes de ver um animal assim e deixá-lo sozinho e sem apoio. 

     

    O sr era um fofuxo, deu-me um "recibo" da moça que entreguei devidamente agora identificada com o número 171 e fiquei a saber que o centro de reabilitção a vai soltar na zona onde foi recolhida...

     

    Nessa altura senti-me enganada confesso... pensei que devia ter dado outra morada...

    Mas que eu até poderia assistir à libertação... 

     

    Estou aqui divida, se vai ser giro libertá-la e depois bloquear a janela para futuros ninhos ou se me vou sentir culpada depois... 

    Mas em minha defesa, aquelas bolas de penas, produzem mais bosta que sei lá o quê e para o meu parapeito...

    Duvido que a moça me convença no futuro.

    Mas claramente e até Setembro é natural que esta crónica volte...

     

    Ficam fotos da andorinha gentilmente batizada de Moça.

     

     

     

     

     

     

     

     

  • 2 comentários

    Comentar post