Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Hoje é um Dia da Mulher triste...

Lamento, mas hoje é um Dia das Mulheres assinalado da pior maneira. 

Que desde já se afastem daqui aquelas mulheres que no seu "feminismo" defendem que este dia é o oposto do feminismo e do que devíamos defender... xô xô... não vão querer ler o que se segue...

 

Hoje foi publicada uma notícia que mostra como a Deloitte, uma empresa com o tamanho e importância que tem, paga em média menos 43%, quarenta e três.... às mulheres que aos homens no UK...

Quando me dizem que este dia vai contra o feminismo e que as Mulheres não deviam ter um dia porque isso vai contra a igualdade...

Ó meus senhores e senhoras, vocês vivem em que mundo?

 

Este dia serve para assinalar um luta que ainda está longe de ter terminado, como se pode constar.

Este dia serve para relembrar que até 1926 as mulheres, mesmo chefes de família não podiam votar, houve um voto sim em 1911 de uma grande senhora que usou o facto de a lei não especificar o sexo e ela cumprir os requisitos, o que provocou que a lei no ano seguinte especificasse "homens chefes de família"...

Só em 1926 e com a ditadura militar (curiosamente) nos foi atribuído o direito ao voto...

Isto foi há 92 anos atrás, nem um século...

Ou seja, um grão de pó na história de séculos marcada por um rebaixar, ou simplesmente objectivar da Mulher. 

 

Este dia serve para mostrar que nos dias que correm ainda existe discriminação sexual nos rendimentos e tarefas, não só no UK, desenganem-se....

Este dia serve para relembrar as Mulheres do passado, que tanto lutaram para nos dar os direitos que temos hoje. 

Este dia serve para relembrar as Mulheres de hoje que ainda há muito a fazer.

Este dia serve para dar força às Mulheres para denunciar o impensável, o obsceno, os actos violentos contra elas, a sua reputação, o seu corpo e o seu intelecto.

Este dia serve para inspirarmos as nossa filhas, sobrinhas, netas, amigas, mães, irmãs, primas a não aceitarem imposições sociais apenas porque sim, a lutarem pelo que é delas de direito.

 

Este dia serve para nos lembrarmos que somos Mulheres, que somos seres mágicos e poderosos, e que nunca, mas nunca nos devemos rebaixar seja a quem for. Que devemos lutar com todas as nossas formas por igualdade...

Não queremos mais nem menos, mas séculos de opressão não se apagam assim... e as crenças estão enraizadas na nossa sociedade, cabe a nós fazer com que a geração seguinte veja as coisas de outra forma.

Que os meninos não ajudam em casa, que os maridos não ajudam as mulheres... Eles fazem porque é uma tarefa partilhada, não um favor. 

De referir que as empresas portuguesas têm muito a evoluir neste aspecto, na discriminação, nos cargos de topo atribuídos quase exclusivamente a homens. 

 

Temos tanto pela frente...

Este dia não é uma celebração, é uma lembrança.

Para as floristas é o dia em que têm filas à porta... Para nós deveria ser muito mais.