Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • Mãos à Obra #40 Método KonMari

    Quando tenho curiosidade sobre algum tema ou tópico gosto de ir beber directamente à fonte, investigar e chegar às minhas próprias conclusões.

     

    Muito ouvi falar do método KonMari. Passei por alguns vídeos de dobrar roupa, outros de organização... Mas ainda não tinha percebido realmente do que se tratava.

    Para quem, como eu, quer ir directamente à fonte fica o link para esta palestra da Marie Kondo, criadora do método KonMari.

    Aviso que são 60 minutos e que infelizmente a Marie não tem o inglês mais acessível deste mundo, por isso decidi explicar-vos um bocadinho do que se trata e facilitar-vos a vida...

     

    A Marie foi alguém que sempre se dedicou a "tidy up", como quem diz, arrumar os espaços que a rodeavam. 

    No entanto, descobriu que se o seu foco fosse nas coisas que tinha de deitar fora apenas, o seu nível de stress e ansiedade pioravam e parecia que o espaço nunca estava perfeito.

    Decidiu, depois de ter um colapso nervoso, focar-se na parte positiva da coisa e manter as coisas que despertam felicidade (Spark Joy) na sua vida. 

    Mudar o foco ajudou-a a tornar o processo mais eficaz e muito mais positivo, manter o que queremos e o que nos dá felicidade é muito melhor do que um processo em que atiramos para o lixo tudo e mais alguma coisa.

    O foco passa a estar no que fica e não no que vai. 

     

    Existe toda uma parte holística no processo, ela acredita que passando as mãos pelos itens conseguimos sentir se o objecto é para ficar porque desperta felicidade ou se é dos que agradecemos e descartamos porque já não desperta em nós sentimentos positivos. 

    Acredita ainda que se passarmos as mãos pela roupa, agradecermos a protecção que nos dá, não só se dobram mais facilmente mas engelham menos....

    Bem... quanto a esta parte cada um decide no que acreditar.

    Que a Marie tem óptimas técnicas para organização, não só de espaços mas de roupa, que ajudam não só a poupar espaço mas a tornar tudo mais prático, lá isso tem.

     

    Existem 4 regras a seguir...

     

    1 - Imaginar o nosso cenário/estilo de vida ideal!

     

    Quando digo imaginar é de forma detalhada, imaginar como queremos a nossa casa, a nossa cozinha, o nosso quarto.

    Como queremos que o nosso estilo de vida seja, se é beber chá antes de irmos dormir, uma lareira acesa numa sala organizada e limpa... as cores dos espaços, o ambiente, o cheiro...

    Devemos imaginar o que desejamos para nós, escrevê-lo e mantê-lo em mente como forma de motivação. 

    Esta fase nunca deve ser esquecida. 

     

    2 - Aplicar o método de uma vez só!

     

    A ideia em fazer esta transformação de forma rápida e única é que ao fazermos desta forma isto irá mudar o nosso mindset. Segundo ela basta termos a casa uma vez arrumada a sério para nunca mais querermos vê-la de outra forma. Traçar uma data limite ajuda também a que o processo seja mais rápido e implementado por completo, garantindo que não fica a meio....

     

    3- Processar por categoria não por espaço!

     

    Arrumar por categoria e não por espaço ajuda a percebermos quantos items temos iguais. Por exemplo, juntar todos os livros, ou todas as tesouras, todas as calças, todas as tshits...

    Juntando todos os items da mesma categoria numa pilha ajuda a perceber a quantidade que temos efectivamente de cada item. 

    Facilita ainda o processo de descobrir os que devem ser mantidos e os que devem ser descartados. 

    E como fazer essa selecção? É aí que entra a 4 regra. 

     

    4 -  Manter apenas o que nos desperta a felicidade!

     

    Devemos passar as mãos pelos items e perceber se nos despertam alegria ou não... Se ainda vos faz feliz manter, se não... Agradecer por terem cumprido o propósito deles e descartar. 

    Não há quantidade de referência, não há regras sobre quantos manter...

    O único guideline é se vos faz feliz ou não. 

    E eu gosto desta regra....

     

    O método não nos ajuda só no processo de destralhar ajuda ainda a perceber as melhores formas de dobrar roupa, de organizar armários... E muito mais. 

    Mas essas dicas ficam para o próximo post da série KonMarie. 

    Vou agora começar a ler os dois livros que ela escreveu e ver se aprendo ainda mais dicas. 

    Quero partilhar com vocês tudo o que for aprendendo e dicas são claramente bem vindas. 

     

    O que vos parece até aqui?

    Já conheciam?

     

     

  • 3 comentários

    Comentar post