Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • Não há doces durante um mês!

    A esperança, a minha, despertou nas meias-finais...

    Em 2000 chorei, em 2004 partiu-me o coração... este ano tinha decidido não me envolver.

    Quando vi chegar as meias finais o meu coração pensou "será que podemos acordar para isto desta vez e outra vez?"

    Sempre gostei do CR7 quando ganha, quando perde... acho-o genuinamente uma boa pessoa.

    Temos bons jogadores na nossa selecção o Patricio ontem foi exemplar e custou-me que tenha sido o último a pegar na taça... Se uma marcou um golo, se outro deu força e garra a uma equipa pela sua fragilidade física, ele defendeu inumeras vezes e merecia mais destaque...

    Mas... ontem quando o cristiano chorava sentado no chão pensei, oh deus, se isto era dificil agora será praticamente impossível...

    E... eu que não em queria envolver, ter as taquicardias que tive, fiz promessa e tudo ao São Clemente... Que o CR7 já merecia, que os 11 milhões de portugueses já mereciam também e que eu ali a sofrer não queria ter o triste destino que tive das últimas vezes... E assim se começa um mês sem doces e coisas boas que me apeteçam...

    Isto da fé tem que se lhe diga!

    E assim eu, que tinha olhado como quem não quer de lado pra os jogos... que queria criar uma barreira emocional intransponível, dei por mim agarrada a tudo e mais alguma coisa para suportar o stress e o nervosismo... 

    E a ter um orgulho brutal naquela equipa e naquele capitão. 

    Fomos grandes mesmo contra aqueles brutamontes e caceteiros... 

    E tivemos com um espirito lindo, de equipa e união... quando os outros eram um conjunto de unidades diferenciadas, nós eramos uma unidade constituida por 11 jogadores em campo mais um que ela estava de coração... e mais 11 milhões que sofriam em casa com as lágrimas daquele grande senhor. 

     

    Ai CR7 se tivessemos todos metade da tua ética de trabalho e profissionalismo e coração pelo que fazes e adoras! O mundo era muito melhor!