Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • O Inferno é no Metro de Lx " Eu cá só não dou na Coca! "

    Isto de de andar de transportes públicos já é normalmente uma aventura, quando a isso se junta a proximidade física, muitas das vezes obrigatória, devido à enchente de pessoas, pior!

    Mas quando juntamos a isso um casal de jovens de 15 anos a falar como se estivessem em casa pior... Receita explosiva!

     

    Desde asneiradas para lá e para cá ainda ainda ouvi a brilhante frase " no fim-de-semana é que foi, desde alcool, a ganza, a pastilhas (que segundo a moça sabem de mais a mentolitos) foi tudo..." ao que o outro responde "ah eu também e só não dou na Coca..." e infelizmente nao era na coca-cola, que explicou que não dava na veia... bem aparentemente há limites, distorcidos mas limites.

     

    Passaram-me tantas coisas pela cabeça:

    1º na minha altura eu não era assim, nos transportes públicos muito menos mas em lado nenhum. Não falava assim, que caisse o céu antes de dizer uma asneira e algum adulto ouvir.

     

    2º os paizinhos daqueles jovens terão ideia que eles metem tudo no corpo? fora o que não ouvi ali explicito? e nem sequer problemas têm em admitir?

    Eu acho bem a liberdade de expressão, para os jovens uma liberdade condicionada ao grau de responsabilidade que mostrarem, mas o que lhes anda a ser ensinado para falarem assim de coisas que obviamente não são motivos de orgulho?

     

    3º como é possível?? o limite dele ser a coca? a serio? nao achas que devia haver limites um bocadinho antes, para não lixares já os neurónios que desgraçados ainda se estão a formar? é por isso que há uma idade legal para beber sabes? porque ainda não tens capacidade para tomar decisões de como lixar completamente o teu corpo antes dos 18. 

     

    4º sou uma menina... fui criada com valores diferentes, com limites, com liberdade condicionada, mas agradeço por assim ter sido. As crianças são para serem educadas não deixadas ao devaneio.

    Mas há aí muitos paizinhos que preferem ser melhores amigos a pais, e depois dá nisto. 

    Acho bem que se divirtam, que saiam com os amigos, que dancem, mas quando é que o limite é a coca e meter na veia?? 

     

    Hoje a minha pipoca faz 4 anos e eu só espero que tenha capacidade para ser a melhor amiga dela, a tia, a confidente, a puxa orelhas se for preciso, mas também para lhe transmitir valores sólidos. Espero que ela os mantenha e não venha a ser assim, se for... corto lhe o acesso à poupança.

     

     

     

  • 7 comentários

    Comentar post