Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • O Meu Conceito de Família.

    Domingo há almoço de Páscoa em Família, ou melhor dizendo Famílias.

    Lamento que não possa dizer no singular, mas de facto ainda falta muito para que se deixe a forma plural e se evolua para a forma ideal... como se fossemos todos um elemento.

     

    A minha família, a de sangue, nunca foi muito unida, a distância não ajuda nesse sentido. A não ser com os meus pais e uma tia, a relação quase nao existe.

    A minha família de coração como lhe chamo é a família do Carl... Os pais dele são meus segundos pais sem tirar nem por. Com a irmã desenvolvi essencialmente uma relação com ela quando a pipoca apareceu. 

    Depois há a família do meu cunhado, pai da pipoca. 

    Há ainda a madrinha do Carl e respetivo marido que também vão participar e que adoro de coração. 

    Já costumam existir jantares no Natal, mas dos quais o meu pai não participa porque passa essa época com a mãe dele (sim não me refiro a ela como minha avó, não merece esse título... outra história), e por isso este almoço será o primeiro.

    Esta Páscoa vai ser o primeiro almoço em que TODOS vão participar.

    TODOS. 

     

    Todas as famílias têm os seus problemas, a minha não é perfeita seguramente, tal como nenhuma será.

    Mas somos muito expressivos, até de mais... no entanto dizemos tudo na hora, zangamo-nos mas ficamos bem, porque tudo foi dito e tudo avança. 

    As restantes não são assim.... Engolem, trincam, retrincam... e na mais pequena das coisas vem tudo ao de cima... Não consigo lidar com isso... 

    Talvez por tudo isto estou um bocadinho ansiosa com esta ocasião, e como tal, foco-me no que consigo controlar... a ementa, a decoração, as ideias mimosas que estou já a por em prática para aligeirar o ambiente.

    Estou em velocidade cruzeiro para a preparação do evento...  Vou por aqui algumas ideias a partir de hoje e até domingo. 


    Vai ser na Casinha da Familia D, a família do Carl, que fica no sitio mais mágico deste mundo, Sintra.
    Era suposto ser uma ocasião perfeita, eu que nunca tive uma família grande nem casas de família em sítios mágicos, delicio-me com tudo isto.
    Com as histórias que aquela casa tem em si, com as histórias das famílias quer do pai quer da Mae do Carl, tão antigas, tão cheias de proximidade às gerações anteriores.
    Com tantos registos, fotografias, histórias, documentos, brazões e livros antigos...

     

    Vou fazendo por ser um elemento conciliador no meio de tudo, porque adoro esta minha família de coração e não há nada que mais queira neste mundo para um bebé meu... que ele faça parte também deste meu pequeno mundo e família e que conheça toda a história, dos avós, bisavós, trizavós....


    Embora do meu lado a história seja bem mais curtinha tenciono implementar algumas tradições para garantir que no futuro os meus filhos, os filhos deles, e os filhos dos filhos deles, tenham a possibilidade de conhecer a nossa história e a história de cada um de nós...