Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

❤ O Amor 3

Nesta coisa dos agradecimentos, tenho muita gente a quem quero dedicar um bocadinho para mostrar este amor todo...

Mas este é sem dúvida especial... A minha mãe.

 

Mãe é uma palavra que se torna muitas vezes banal... Mãe vem cá, mãe ajudas-me? mãe o que achas? mãe preciso de ti! mãe

            mãe   

                        mãeeeeeeeeeeeeeeee

                                                                    mãemãemãemãe

 

Mas que é uma das mais importantes deste mundo.

 

Quando há um ano e meio saí de casa foi díficil para mim mas mais dificil para ela. Eu sei...

Mas hoje, quero que ela perceba o quanto é importante para mim.

Foi ela que me fez assim como sou, foi ela que me tornou a bad ass que sou hoje em dia... quando ela se orgulha do que sou devia ser ao contrário... Devia ter orgulho da obra que criou porque foi muito ela.

 

Ela é que me inspirou a ser melhor, mais forte, chegar mais longe. 

Ela é que me ensinou com a força dela que conseguimos sempre dar a volta por cima.

Nos momentos mais negros da minha vida foi ela que esteve lá e me deu a mão. 

Somos muito parecidas e às vezes chocamos, somos tão parecidas que até o nariz é igual!

Mas não a trocava por nada, ensinou-me muito e irá certamente ensinar-me ainda mais quando eu for mãe.

Vai estragar os netos com os mimos todos tal e qual como me fez a mim ( eu era um bocadinho mimada admito)

Mas dá-me sempre colo quando lhe peço, e todas as noites me deu um beijo de boa noite e o copo de água...

Quando saí de casa foi o que me custou mais...

Agora quando vem passar uns dias comigo ainda mais valor dou. 

 

És a melhor mãe do mundo!

 

IMG_20180506_130720.jpg

 

 

 

 

❤ O Amor 2

Tu... tu foste um amor diferente.

Lembro-me de te conhecer, lembro-me que quase imediatamente gostei de ti.

Havia ali algo de muito directo e transparente e a conversa fluiu entre nós muito facilmente.

Eras a namorada do nosso amigo, mas rapidamente passaste a ser a minha amiga que por acaso namorava com ele.

 

Acho que nunca te disse isto, mas sempre vos tive como um exemplo, no bom e no mau... Eras aquela pessoa "mais velha" a quem procurava conselhos. 

Quando a minha casinha era ainda um plano no futuro distante falei tantas vezes contigo sobre isso, como gerir determinas coisas, como lidar com esta e aquela situação...

Acho que no fundo és mais uma das minhas irmãs mas claramente a mais velha e aquela que procuramos para coisas mais sérias, para tirar dúvidas... para ouvir com atenção para mimar quando ela precisa. 

Sempre foste muito consciente do que querias e admiro-te muito pela pessoa que és, como profissional, como mãe, como filha...

Lembro-me de irmos uma vez beber café a vossa casa e passarmos horas no chão da tua varanda a falar e falar e falar....

 

Mesmo agora quando o tempo passa, ja tens os teus meninos, e o tempo é dificil de conjugar... trocamos apenas mensagens rápidas para garantir que tudo está bem, quando nos juntamos está tudo lá. 

E por isso agradeço tanto por ti, pelo apoio que me deste na altura em que mais precisei e sabes que da nossa parte tes todo o apoio do mundo, tu, o teu marido e os teus rebentos lindos. 

 

Obrigada. 

 

eu e a ana.jpg

 

 

 

 

 

 

 

❤ O Amor 1

Ando a tentar praticar o agradecimento pelo que tenho...

Já ontem vos mostrei alguém que adoro de coração.

E realmente que sorte fantástica tenho porque hoje...

Hoje fica a minha segunda irmã. 

 

Começámos com uma história engraçada, alguém, uma terceira pessoa em comum, que nos falava mal uma da outra.

Eu não conhecia a C* e ela não me conhecia a mim. 

Conhecíamos sim o "demónio encarnado-". Esse "demónio" falava o pior de mim à C* e o contrário igual.

Quando finalmente nos conhecemos em pessoa, por causa do tal amigo do Pim, as duas já desconfiávamos que o "demónio encarnado" devia estar a fazer jogos desse tipo e por isso foi uma conversa rápida e simples para por os pratos limpos e o amor rapidamente cresceu.

Cresceu ao ponto de sermos agora compadres e ter a filhota dela como afilhada enche-me o coração. 

 

A C* infelizmente não está a 10 minutos de mim, está um bocadinho mais distante, mas o longe faz-se perto e tentamos sempre ver-nos. Além de que posso dizer com certeza que mesmo estando longe nos falamos todos os dias, nem que seja a mensagem ao final de dia no grupo a saber se está tudo bem. 

O R*, noivo dela, é das pessoas mais incríveis deste mundo, calmo o suficiente para tentar acalmar aquele turbilhão que ela é.

 

Acho que nos demos bem porque somos muito parecidas, na forma de pensar e até na forma de stressar, no estar sempre ligadas à corrente.

Mas desenganem-se, a C* tem uma história de vida que pouca gente tem e é uma Mulher daquelas que sobrevive a tudo....

Uma mãe super empenhada, uma amiga fantástica, sempre pronta a ajudar tudo e todos. 

Às vezes esquece-se apenas de se ajudar um bocadinho a ela mesma. 

Meiga, simples e carinhosa....

Não podia ter escolhido melhor irmã para me acompanhar neste mundo. 

E se é verdade que os 4 formamos uma grupeta fantástica, a 5, contando com a minha baby M* é ainda melhor. 

 

Obrigada pela amizade destes anos, por serem a nossa família de coração, por estares sempre lá. 

 

 

eu e a catia.jpg

 

 

O segredo para viver mais? ❤ O Amor

Vi este vídeo no facebook que partilhem prontamente...

É uma das conversas Ted e esta tocou mesmo cá dentro.


Cientistas analisaram quais os motivos que interferem mais na longevidade das pessoas.

Surpreendam-se pessoas, não é o exercício, não é o peso, muito menos a hipertensão.

Os dois primeiros factores são: a interacção social e as relações próximas. Em suma, o amor que nos une em família e as boas pessoas que nos rodeiam. 

 

Tenho cá para mim que afinal vou durar até aos 100 anos. 

Isto porque tenho uma sorte tremenda de ter estes dois factores como dos mais completos e felizes da minha vida. 

 

Quando este blog era anónimo fazia sentido esconder, não partilhar nada além de mim... Depois foram começando a conhecer o Carl/Pim. 

Entretanto mais pessoas se foram juntando a este universo virtual porque é impossível falar de mim sem falar delas. 

Esta é uma dessas, das mais importantes, e como é preciso agradecer o que temos de bom na vida... Fazer exercícios de agradecimento.... Aqui vai este. 

 

Não tenho irmãos, alias tenho um mas sem relação (isso fica para uma próxima história) mas felizmente a vida encarregou-se de dar-me as minhas manas de coração. Estranhamente conheci as duas através da mesma pessoa, um dos grandes amigos do Pim... Tenho que lhe agradecer um dia.

 

A S* chegou numa fase em que o meu coração estava fechadinho para novas amigas meninas, andava parva pronto... Não era má educada para ela mas por factores alheias às duas a relação não desenvolveu logo...

No entanto, ela não me resistiu e agora estamos assim unha com carne... muahahaha Nop...

Ela é doce sabem... se estiverem em problemas ela está lá. Ouve os problemas às vezes responde o que não queremos ouvir mas é a verdade... é descomplicada (tudo o que eu não sou), uma excelente mãe, trabalhadora e aplicada como nunca vi, sempre pronta a ajudar, e com um feitio de humor daqueles.... Adoro-a.... 

Adoro o filho dela como se fosse meu sobrinho... E é das pessoas com quem sem dúvida nos relacionamos mais...

É daquelas relações que sei que vou ter para sempre...

E isso aquece-me o coração. 

 

nos.jpeg